SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue31Participación política juvenil en el posacuerdo: una mirada a los casos de los municipios de San Carlos y de San Francisco en el departamento de Antioquia, en ColombiaAbuelas de Plaza de Mayo, hijos de desaparecidos, nietos recuperados y hermanos: de las “labores detectivescas” a las acciones y producciones culturales, artísticas y mediáticas author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Hallazgos

Print version ISSN 1794-3841
On-line version ISSN 2422-409X

Abstract

NOVOA SANMIGUEL, Diana del Pilar  and  ESCAMILLA MARQUEZ, Diego Andrés. Puesta en marcha de un lugar de memoria en Bucaramanga: la experiencia del Archivo Oral de Memoria de las Víctimas. Hallazgos [online]. 2019, vol.16, n.31, pp.41-60. ISSN 1794-3841.  http://dx.doi.org/10.15332/s1794-3841.2019.0031.02.

O artigo procura abordar alguns dos alcances, problemas e alicerces teóricos e metodológicos do processo de construção e consolidação do Arquivo Oral da Memória das Vítimas (Amovi) na cidade de Bucaramanga, na Colômbia. Esta instituição nasceu como uma iniciativa acadêmica de pesquisa e difusão de testemunhos e outras formas de memória das vítimas. O Amovi pretende conservar a memória das vítimas do conflito armado estabelecidas na cidade e seus arredores e aportar à compreensão do conflito, ao mesmo tempo em que procura entrar na disputa pelos sentidos e interpretações do passado recente colombiano. O Amovi tem adiantado esta pesquisa desde o enfoque metodológico da história oral, com o objetivo de acessar às esferas individuais e coletivas do conflito, e entendê-las em relação com os marcos sociais dentro dos quais se produzem. Procura-se igualmente que as entrevistas e outros documentos produzidos constituam-se em alternativas documentais válidas para os estudos sociais, ao mesmo tempo em que se faz contrapeso aos relatos hegemônicos existentes. A criação do Amovi tem querido garantir o acesso e resguardo de documentos escritos e orais, assim como se protegem aos produtores destes, assumindo a tarefa de posicionar as vozes das vítimas como parte das iniciativas de memória na cidade de Bucaramanga e Colômbia, enquanto se enfrentam as dificuldades de um conflito armado que não acaba completamente.

Keywords : memória histórica; conflito armado interno colombiano; vítimas; história oral; arquivos orais.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )