SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue31El falso problema de la privatización educativa a la luz de la crisis orgánica: Argentina, 2003-2015Hacer decolonial: desobedecer a la metodología de investigación author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Hallazgos

Print version ISSN 1794-3841
On-line version ISSN 2422-409X

Abstract

PATRON CARRILLO, María Graciela. Resistencia social en el libroarte de México del siglo XXI: relatos de la otredad. Hallazgos [online]. 2019, vol.16, n.31, pp.121-145. ISSN 1794-3841.  http://dx.doi.org/10.15332/s1794-3841.2019.0031.05.

Este artigo aborda o livro de artista no México no século XXI como um espaço de resistência no qual se realizam práticas que confrontam os mecanismos de poder. Tais práticas manifestam-se em dois estádios, relacionados com as temáticas abordadas pelos artistas: a produção de obras que tratam assuntos de denuncia e crítica social e as que exploram o tema da memória coletiva. Para sustentar o anterior, retomam-se os postulados dos autores principais: em primeiro lugar o trabalho do Michel Foucault, suas reflexões sobre as sociedades do controle e como seus métodos de dominação detonam determinadas respostas – dentro do próprio sistema – para os contra-arrestar; de outro lado, as reflexões da Anna Maria Guasch acerca da arte como arquivo, uma preocupação dos artistas por criar peças nas que se guarda informação, através das quais se produzem novos olhares sobre a história. Finalmente se abordaram dois casos nos quais o livro de artista funciona como meio de denúncia, crítica social e memória coletiva: o sucedido aos 43 estudantes de Ayotzinapa e a herança maia, a partir dos quais surgem obras expostas em feiras ao redor do mundo e integradas nas coleções de universidades em diversos países. Seus relatos permitem conhecer personagens e eventos do México no século XXI desde olhares diferentes das versões oficiais, os protegem da desaparição e desta maneira integram-se aos discursos de resistência.

Keywords : México; livro de artista; resistência; denuncia; memória coletiva.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )