SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 issue2Exogen porcine somatotropin (STp) and its relation with aminoacids from the diet of pigs in finalizationThe buffalo as a meat product: Production and genetic improvement author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Lasallista de Investigación

Print version ISSN 1794-4449

Abstract

GUTIERREZ RAMIREZ, Luz Adriana; GOMEZ OSPINA, Astrid Johana; ARIAS JARAMILLO, Lina Marcela  and  TANGARIFE PATINO, Bibiana. Avaliação da viabilidade de uma cepa pro-biótica nativa de Lactobacillus casei em requeijão. Rev. Lasallista Investig. [online]. 2007, vol.4, n.2, pp.37-42. ISSN 1794-4449.

Introdução. Os pro-bióticos são microorganismos vivos pertencentes ao grupo de bactérias ácida lácticos que ao ser ingeridos em quantidades adequadas são capazes de alterar a micro-biota do hospedeiro e produzir efeitos benéficos para a saúde do consumidor. Na Colômbia os afogadores bacterianos e pro-bióticos de uso comercial foram importados de outros países; é por isto que atualmente se realizaram estudos para seu isolamento, produção e utilização de cepas nativas de bactérias acido lácticas em alimentos. Objetivo. Avaliou-se a viabilidade do de uma bactéria acido láctica nativa com atividade pro-biótica num requeijão durante 15 dias obtendo resultados positivos de sua permanência neste alimento. Materiais e métodos. Isolou-se e caracterizou um microorganismo com atividade pro-biótica como o Lactobacillus casei e se avaliou sua viabilidade no requeijão. Resultados. O requeijão oferece uma série de vantagens com respeito aos leites fermentados como veículo de microorganismos probióticos: o pH, maior consistência, conteúdo gorduroso e capacidade de tapar, estes fatores contribuem à proteção dos microorganismos pro-bióticos durante o armazenamento. Conclusão. As avaliações sensoriais indicam que a adição dos pro-bióticos não alterou as propriedades organolépticas do alimento pelo que se considera que é um veículo adequado para a administração de microorganismos pro-bióticos, permitindo a sobrevivência destes na quantidade necessária para produzir efeitos benéficos à saúde dos consumidores.

Keywords : Pro-bióticos; Bactérias ácidas lácticos; Requeijão; Lactobacillus casei.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License