SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue2Effect of the pH and of the temperature on the enzymatic hydrolysis of by-products from bovine industries author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Lasallista de Investigación

Print version ISSN 1794-4449

Abstract

VALENCIA GARCIA, Francia Elena; CORTES RODRIGUEZ, Misael  and  ROMAN MORALES, María Orfilia. Cinética da cor durante o armazenamento de caramelos macios de uchuva adicionados de cálcio e sem sacarose. Rev. Lasallista Investig. [online]. 2012, vol.9, n.2, pp.11-25. ISSN 1794-4449.

Introdução. Os caramelos sem sacarose são desenvolvidos para pessoas que apresentam transtornos metabólicos ou querem atingir um efeito benéfico para sua saúde. A cor neste produto é um parâmetro de aceitação sensorial importante, que pode afetarse pela degradação ou formação de algunos compostos. Objetivo. Este trabalho avaliou a cinética do desenvolvimento da cor em caramelos de uchuva adicionados de cálcio e sem sacarose. Materiais e métodos. A cor se avaliou a partir das coordenadas fixadas pela Comissão Internacional de Iluminação (CIE), luminosidade (L*), acromaticidade verde-vermelho (a )*, acromaticidade amareloazul (b*), tom (hab*), saturação (Cab*) e a mudança total de cor (ΔE). As cinéticas se avaliaram armazenando as mostras numa câmara de umidade relativa do 75%, temperaturas T1= 50°C, T2= 40°C e T3= 30°C, e seis tempos diferentes de acordo com cada temperatura: T1 (0, 5, 10, 15, 20 e 25 dias), T2 (0, 20, 40, 60, 80 e 100 dias) e T3 (0, 30, 60, 90, 120 e 150 dias). Resultados. A 30°C a cor não é um atributo de qualidade crítico para os caramelos; enquanto a 40 e 50°C, L*, b*, Cab* e hab* estão muito afetados pelas condições de armazenamento, tendendo as mostras a ser escuras e a diminuir os tons amarelos com o incremento do tempo e a temperatura. As cinéticas que melhor ajuste apresentaram foram de ordem 0 e 1 a 40 e 50°C, com coeficientes de regressão maiores de 0,90. Conclusões. O L* e a acromaticidade b* representam os parâmetros de cor mais importantes nos caramelos, considerando se como variáveis adequadas para a fixação do tempo de vida útil do produto.

Keywords : Physalis peruviana L; alimentos funcionais; doces; caramelos mastigáveis.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )