SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue2Priority technologies and innovations in the fishing agribusiness by the year 2032. Foresight study through the Delphi methodStudy on phase stability in the Zn - Cr - O system from synthesis by combustion in solution author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Lasallista de Investigación

Print version ISSN 1794-4449

Abstract

FRANCO ESPINOSA, Carolina  and  HERNANDEZ FERNANDEZ, Javier. Análise de haplotipos da tartaruga cabeçona, Caretta caretta (Testudines: Cheloniidae) em duas praias do Caribe colombiano. Rev. Lasallista Investig. [online]. 2017, vol.14, n.2, pp.121-131. ISSN 1794-4449.  http://dx.doi.org/10.22507/rli.v14n2a11.

Introdução.

A tartaruga Caretta caretta habita os mares tropicais e subtropicais. É uma espécie em via de extinção que enraíza as praias na Colômbia e faz extensas migrações. Os haplotipos mitocondriais desta tartaruga se há utilizado para estudos de genética populacional, fílogeografía e estado das espécies com o objetivo de desenvolver planos de conservação da espécie.

Objetivo.

Identificar haplotipos mitocondriais em tartarugas cabeçonas enraizada no Caribe colombiano.

Materiais e Métodos.

Se coletaram amostras de sangue periférica desta espécie em dois lugares do Caribe colombiano: Don Diego (praia de enraizamento) e a Ilha San Martin de Pajarales (localidade de alimentação). O DNA total foi extraído a partir das células sanguíneas, e utilizado para amplificar por PCR a região controle mitocondrial (398 pb). Estes produtos foram purificados e sequenciados. Se realizou um alinhamento básico buscando regiões de semelhança local entre as sequências obtidas e as descritas previamente para a espécie. Se fez análise filogenéticos utilizando os critérios de máxima parcimônia (MP) e máxima verossimilitude (ML).

Resultados.

Se identificaram três haplotipos, CC-A1 e CC-A2 comumente encontrados nas populações reprodutivas do México, o Mediterráneo e o sudeste de Estados Unidos, e um novo haplotipo CC-SM1 na praia Don Diego (Magdalena). As árvores filogenéticos mostram relação de uma porção dos indivíduos enraizados e de forragem das agregações do Caribe colombiano com as super-agregações do Atlântico e o Mediterrâneo, sugerindo que estas poderiam ser algumas das fontes importantes de indivíduos presentes na Colômbia.

Conclusões.

É necessário estudar uma amostra maior para poder confirmar hipótese proposta. Se identificou um novo haplotipo denominado CC-SM1. Este é o primeiro estudo sobre haplotipos mitocondriais de C. caretta realizado na Colômbia.

Keywords : Caretta caretta; novo haplotipo; máxima parcimônia; região controle.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )