SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 número2Biologia comparativa do sistema complemento em peixesGranuloma de laringe em um cavalo puro-sangue: um estudo multidisciplinar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


CES Medicina Veterinaria y Zootecnia

versão On-line ISSN 1900-9607

Resumo

GONZALEZ DOMINGUEZ, María S  e  BERNAL, Liliana. Diagnóstico e manejo da obesidade em cães: revisão. Ces. Med. Vet. Zootec. [online]. 2011, vol.6, n.2, pp.91-102. ISSN 1900-9607.

A obesidade é definida como acúmulo excessivo de gordura no tecido adiposo do corpo que resulta de um consumo inadequado de energia e proteína levando a um balanço energético positivo. O excesso de peso e a obesidade afetam cerca de 25% dos cães, sua apresentação pode variar entre 20 e 45% da população canina que visitam os centros e clínicas veterinárias em vários países ocidentais e na Austrália, por tanto, é considerada um desordem nutricional comum em animais de companhia (cães e gatos). Fatores de risco associados à obesidade incluem genética, raça, idade, atividade física, o tipo de alimento consumido, a castração, entre outros. O objetivo desta revisão é abordar o problema da obesidade em cães e gatos, seus fatores de risco e sua gestão integrada, além de propor um método simples para estabelecer a quantidade exata de alimento a ser oferecida para cada paciente de acordo com sua condição fisiológica.

Palavras-chave : Condigno corporal; fatores de risco; nutrigáo; obesidade; excesso de peso.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )