SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 issue2Ruminal degradation kinetics of the corn silage with different levels of inclusion of vinasseLiver immunolocation of CYP P450 in an subacute toxicity experiment with Clorpirifos o,o-(3, 5, 6- trichloride -2-pyridyl phosphorotioato in young male tilapia (Oreochromis spp) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


CES Medicina Veterinaria y Zootecnia

On-line version ISSN 1900-9607

Abstract

DIEZ, Violeta et al. Valoração de testes de campo para detecção rápida de resíduos antimicrobianos em leite individual de vacas tratadas com uma mistura de penicilinas e estreptomicina. Ces. Med. Vet. Zootec. [online]. 2013, vol.8, n.2, pp.52-60. ISSN 1900-9607.

Resumo Na Colômbia, a lei (Resolução 1382 de 2013) proíbe a venda do leite que tenha resíduos de qualquer medicamento antimicrobiano, embora não se especifiquem testes oficiais nem limites de detecção que devam se cumprir. Atualmente, o leite que emite resultados positivos aos Kits de Delvotest® e Snap® simplesmente é rejeitado. Para evitar contaminar os tanques de armazenamento com leite de vacas tratadas, os produtores beneficiar-se-iam de ter os testes in situ que lhes permita fazer seus próprios controles. Além, isto permitiria comprovar se os tempos de retiro do leite ao utilizar produtos comerciais cumprem com as recomendações da vide bula. Neste estudo avaliaram-se dois testes de detecção rápida (Delvotest® e SNAP® especifico parar beta-lactâmicos) no leite de 39 vacas com mastite subclínica que foram tratadas com injeções diárias intramusculares de uma suspensão comercial de 8.000.000 UI de penicilina G (75% penicilina procaína G, 25% penicilina potássica) e 8g de sulfato de estreptomicina durante quatro dias. Extraiu-se o leite das vacas com ordenha manual e se fez uma amostragem de leite (cada 12 horas) um dia antes e três dias depois do tempo de retiro do leite, que tinha como recomendável, na vide bula, três dias após final do tratamento. Para inativar a ação de inibidores naturais do crescimento bacteriano, que possam estar presentes no leite (ex. lisozima e lactoferrina), os resultados do Delvotest® compararam-se antes e depois de que as amostras de leite fossem sometidas a aquecimento (82°C durante 5 minutos). Quando o Delvotest® usou-se de acordo com as instruções da companhia, quer dizer, sem aquecimento, sete das 39 vacas deram positivas por ≥ 1 dia passado o tempo de retiro recomendado. Embora, os resultados do Snap® e Delvotest® após aquecimento do leite mostraram que só dois das sete vacas eram positivas, sugerindo que cinco animais estavam apresentando falsos positivos. Nas 312 amostras de leite analisadas obteve-se um alto grau de concordância (coeficiente Kappa = 0.74±0.1) entre o Snap® e o Delvotest® após aquecer o leite. Em conclusão, os resultados sugerem que a eficácia do Delvotest® (após o aquecimento do leite) é similar á do Snap ou especifico para beta-lactâmicos no que respeita a detecção de resíduos de penicilina. Embora, quando o Delvotest® não ia precedido do aquecimento do leite para inativar inibidores naturais, produziram-se muitos falsos positivos. Os resultados também demonstraram que o 95% (37/39) das vacas tratadas com este produto, estavam de acordo com a recomendação de descarte por três dias e cumpria com a legislação vigente de não conter resíduos.

Keywords : delvotest; penicilina; resíduos em leite; snap test.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )