SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número2Efeito da pré-medicação com fentanil-acepromazina e fentanil-xilazina sobre o vômito pós-cirúrgico em cãesIncidência e prevalência de cetose clínica e subclínica em pastoreo no altiplano Cundiboyacense, Colômbia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


CES Medicina Veterinaria y Zootecnia

versão On-line ISSN 1900-9607

Resumo

PENAGOS GAVIRIA, Melissa et al. Presença de Salmonella spp. em tartarugas de rio em cativeiro e em liberdade em Urabá, Colômbia. Ces. Med. Vet. Zootec. [online]. 2018, vol.13, n.2, pp.111-120. ISSN 1900-9607.  http://dx.doi.org/10.21615/cesmvz.13.2.2.

Salmonelose é uma doença de alta prevalência mundial. As tartarugas são reconhecidas como portadoras crônicas. Em diferentes países tem sido relatado a presença de Salmonella spp. em tartarugas de rios embora, poucos são os estudos em indivíduos selvagens. O objetivo deste estudo foi identificar na região do Urabá Antioqueño (Colombia) nos anos 2015 e 2016 a presença de Salmonella spp. em tartarugas selvagens (n = 50) e em cativeiro (n = 55). Foram incluídas tartarugas das espécies Trachemys venusta, Rhinoclemmys melanosterna e Kinosternon leucostomum. Foi coletada por esfregaço cloacal e para cultura uma amostra de fezes. A partir das colônias isoladas foi realizada extração de DNA para testes moleculares (PCR). Da população total (n = 105) foram positivos do grupo de cativeiro dois machos adultos da espécie R. melanosterna. Devido à intermitência na excreção das bactérias nas fezes os resultados obtidos não excluem a infecção. Esta pesquisa fornece evidências da presença da bactéria em tartarugas da região do Urabá e destaca a necessidade de implementar atividades preventivas para reduzir o contato com essas espécies selvagens e diminuir a probabilidade de transmissão zoonótica de salmonelose não tifoidal na população humana da região.

Palavras-chave : Colombia; Salmonella spp; tartarugas de rios; Urabá.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )