SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 issue2Efficient management of waste within the best practices of the pharmaceutical industriesElectrocoagulación to remove tartrazine from aqueous solutions author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Producción + Limpia

Print version ISSN 1909-0455

Abstract

RESTREPO DUQUE, Ana María; RODRIGUEZ SANDOVAL, Eduardo  and  MANJARRES PINZON, Katherine. Fibras de laranja comestíveis: uma aproximação ao desenvolvimento de produtos com valor agregado a partir de resíduos agroindustriais. Rev. P+L [online]. 2011, vol.6, n.2, pp.47-57. ISSN 1909-0455.

Introdução. Os resíduos agroindustriais foram considerados um problema ambiental, e seu uso foi incipiente, em parte, porque seu valor é ainda desconhecido. Uma das tarefas dos profissionais do área de alimentos é gerar alternativas que permitam aproveitar eficientemente ditos resíduos no marco do desenvolvimento de novos produtos com valor agregado e de sustentabilidade. Objetivo. Avaliar a viabilidade de desenvolver um produto com características funcionais a partir das fibras da laranja, por incorporação de vitamina D e E, utilizando a engenharia de matrizes através da técnica de impregnação a esvaziamento. Materiais e métodos. As crostas de laranja foram desamargadas e impregnadas a esvaziamento com uma emulsão que continha vitamina D e E. Para o desenho da emulsão foi necessário avaliar a resposta à impregnação com uma solução de sacarose a 45° Brix; em termos da fração volumétrica de impregnação (X), fração másica de impregnação (XMHD) e porosidade eficaz (εIV), sobre o propósito de atingir níveis de vitaminas D e E superiores ao 10% do valor diário de referência (VDR) em 50 g de crosta. As mostras se caracterizaram física-químicamente em termos de cor, textura e microestrutura antes e depois do processo de impregnação. Resultados. A avaliação dos parâmetros de cor (L, a e* b*) para os tratamentos de crostas desamargadas e crostas desamargadas e impregnadas apresentaram diferenças significativas com respeito às crostas frescas. Conclusão. A análise estatística de textura mostrou diferenças significativas entre todos os tratamentos (fibras frescas sem nenhum tratamento, fibras desamargadas e impregnadas com solução isotónica e fibras desamargadas e impregnadas com solução de VITAMINA E e D).

Keywords : desamargado; impregnação a esvaziamento; engenharia de matrizes; alimento funcional; casca de laranja.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License