SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número15Madres comunitarias: un caso paradigmático de la forma en que el derecho produce identidadesAportes de las académicas latinoamericanas para comprender las acciones colectivas de las mujeres índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


CS

versión impresa ISSN 2011-0324

Resumen

MENDEZ, DIANA MARCELA. O impacto da abertura econômica sobre a igualdade de gênero na Colômbia. CS [online]. 2015, n.15, pp.142-171. ISSN 2011-0324.  http://dx.doi.org/10.18046/recs.i15.1963.

Esta pesquisa tem como objetivo analisar o impacto da abertura econômica no comportamento dos indicadores de gênero na Colômbia. Estes indicadores incluem múltiplas dimensões, como o acesso ao mercado de trabalho, o nível de educação, o acesso aos serviços de saúde e a participação política. Para cumprir com os objetivos da pesquisa, foram utilizados os bancos de dados da Organização das Nações Unidas e estatísticas relevantes de algumas entidades do Governo Nacional. Os resultados indicam que a abertura a novos mercados trouxe efeitos positivos para as mulheres, uma vez que aumentou as suas oportunidades de participar no mercado de trabalho e melhorar os seus níveis de ensino. No entanto, subsistem lacunas em relação ao nível de renda e qualidade de empregos acessíveis às mulheres. Uma alta porcentagem delas recebe salários inferiores aos dos homens e trabalham em setores econômicos menos produtivos, apesar de que seu nível educacional melhorou consideravelmente. Constatou-se também que o nível de educação e a autonomia econômica das mulheres são fatores que influenciam as suas condições de saúde, vitimização e nível de empoderamento. As mulheres menos instruídas têm mais probabilidade de ser vítimas de violência doméstica e ter maiores taxas de fecundidade e mortalidade. Além disso, constatou- se que as mulheres ainda têm baixa participação em cargos políticos ou cargos que envolvem a tomada de decisões relevantes. A maioria dos casos de segregação de gênero estão associados com os papéis, habilidades e características culturais que a sociedade tem atribuído ao sexo feminino. Embora na Colômbia têm-se criado várias políticas para reduzir a desigualdade de gênero, estas estão principalmente orientadas para gerar ações de curto prazo. Portanto, a coordenação adequada das instituições públicas e privadas é necessária, a fim de fazer mudanças estruturais e implementar ações efetivas para reduzir ainda mais esta distorção.

Palabras clave : Abertura econômica; emprego; indicadores de igualdade de gênero; mulheres.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )