ISSN 0120-9957
versão impressa

Instruções aos autores

Alcance e política

The Revista Colombiana de Gastroenterología é publicado pela Associação Colombiana de Gastroenterologia, com a colaboração da Associação Colombiana de Endoscopia Digestiva, Associação Colombiana de Coloproctología e Associação Colombiana de Hepatologia, publicado artigos originais e inéditos trimestrais sobre temas médicos, incluindo artigos de pesquisa básica e clínica, artigos de revisão e papéis especiais em questão ou a eles referenciados. Editoriais também publicados, relatos de casos, cartas ao editor e outros documentos relacionados com a especialidade. Os itens que atendem aos requisitos formais estará sujeito a revisão por pares, que são membros proeminentes da comunidade médica internacional e nacional, designados pelo comitê editorial. A avaliação deve ser feita dentro de 30 dias, tanto no estilo e na metodologia utilizada antes de ser encaminhado ao autor para informar sobre a aceitação ou rejeição do trabalho e sugeriu modificações para publicação.

O trabalho será então encaminhado ao autor para correções sugeridas, para o qual este terá 15 dias. Depois que voltou, a editora vai decidir se você precisar de uma nova revisão pelos avaliadores ou pode ser publicado, será comunicada aos autores por e-mail ou outro meio escrito.

Os trabalhos devem ser enviadas para:

Revista Colombiana de Gastroenterología (RCG)
Carrera 19 C No. 86-14, Oficina 203, Bogotá D.C., Colombia
ou e-mail: revistagastro@cable.net.co.

 

Instruções aos autores

O formato dos manuscritos deve se adequar ao estilo do Revista Colombiana de Gastroenterología, que pode ser acessado no http://www.scielo.org.co. Na preparação do trabalho vai respeitar as recomendações dos "Requisitos Uniformes para Manuscritos Submetidos a Revistas Biomédicas" estabelecidas pelo Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas (Vancouver Group), atualizados em fevereiro de 2006, consulte: http://www.icmje.org.

  1. O trabalho deve ser escrito em papel tamanho carta, em espaço duplo, com margens laterais de 3 cm. Cada componente deve começar em uma nova página, de acordo com a seguinte seqüência: página de título, resumo e palavras-chave em espanhol e Inglês, texto, agradecimentos, referências, tabelas (cada tabela em uma página separada, com título e notas de rodapé) e legendas das figuras. Todas as páginas devem ser numeradas no canto superior direito, começando com a página título. Figuras (radiografias, histologia ou outros) devem ser entregues em um arquivo separado. Na página de rosto devem ser fornecidos uma contagem do número de palavras contados excluindo resumo, agradecimentos, tabelas e figuras. São convidados a "Artigos de Pesquisa" não exceder 2.500 palavras. Artigos de Revisão pode se estender até 3.000 palavras. Casos Clínicos não deve exceder 1.500 palavras. Cartas ao Editor não poderá exceder 1.000 palavras.

  2. Os "Artigos de Pesquisa" deve ser dividido em seções intituladas: Resumo (Abstract), Introdução, Material e Métodos, Resultados, Discussão e Referências. Outros itens, como documentos ou Artigos de Revisão pode haver outros formatos, que devem ser aprovadas pelos editores.

    "The Journal of Gastroenterology apoia as políticas para registro de ensaios clínicos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE), reconhecendo a importância dessas iniciativas para o registro e divulgação internacional de informação ensaios clínicos, em acesso aberto. Consequentemente, em breve, somente serão aceitos para publicação, os artigos de pesquisas clínicas que tenham recebido um número de identificação em um dos Registros de Ensaios Clínicos validados pelos critérios estabelecidos pela OMS e ICMJE, cujos endereços estão disponíveis no site do ICMJE. O número de identificação deverá ser registrado ao final do resumo. Estes regulamentos aplicam-se ao trabalho que é experimental ou estudos com no seu título ou o nome de sua declaração ou Ensaio Clínico Estudo prospectivo randomizado.

  3. A ordem de cada trabalho será:

    1. Título da página. A primeira página do manuscrito deve conter:
      1. O título, que deve ser conciso mas informativo sobre o conteúdo central da publicação, e sua tradução para o Inglês;
      2. O agente, identificado com nome, sobrenome e por último, o número do cartão de identificação inicial maternalc) Nome do local de trabalho para que o autor pertenceu durante a execução do estudo;
      3. Nome e endereço e e-mail do autor com quem se corresponder.
      4. fonte de apoio financeiro, se houver, na forma de bolsa de pesquisa (Grants), equipamentos, drogas, ou todos eles. Você deve declarar um auxílio financeiro recebido, especificando se a organização que desde que fez ou deixou de influenciar no estudo, este documento em uma carta separada.
      5. Data de embarque. Ao pé da página de título da computacional número de registro de contagem de palavras, de acordo com as indicações constantes do ponto 1.
      6. Se o problema tem sido apresentado em qualquer reunião, deve descrever a natureza dele, a cidade ea data da exposição.

      Cada uma das seções seguintes (2 a 8) deve começar em uma nova página.

    2. Resumo. A segunda página deverá conter um resumo de até 250 palavras descrevendo os propósitos do trabalho, material e métodos, resultados principais e as principais conclusões. Não use abreviaturas não padronizadas. Os autores podem fornecer sua própria tradução Inglês do resumo eo título do trabalho. A revista fez a tradução para aqueles que não são capazes de fornecê-lo, ou quando julgar necessário. Os editores podem alterar o texto do resumo fornecido pelo autor. Abaixo, o resumo deve ser fornecido, e identificado como tal, de 3-5 palavras-chave. Use para isto termos de uso constantes Medical Subject Headings (MeSH) da National Library of Medicine (http://www.nlm.nih.gov). Ou Descriptores de Ciencias de la Salud (DeCS), no seguinte endereço: http://decs.bvs.br/E/homepagee.htm. Estas palavras-chave serão usados para fins de trabalho de indexação. São citados na seção omite referências.

    3. Introdução. Resumir o estudo e afirmando o seu propósito. Quando apropriado, explicitar os pressupostos cuja validade tentou verificar. Não rever o assunto extensivamente e citar apenas as referências que são estritamente estudo atingentes.

    4. Materiais e Métodos ou Casuística e Métodos. Descrever a seleção dos sujeitos estudados: pacientes ou animais de experimentação, órgãos, tecidos, células, etc, e seus respectivos controles.. Identificar os métodos ou instrumentos e procedimentos utilizados, com precisão suficiente para permitir que outros observadores de reproduzir os resultados. Se usado métodos bem estabelecidos e freqüentemente utilizados (incluindo métodos estatísticos), apenas o nome e citar as respectivas referências. Quando os métodos têm sido publicados, mas não são bem conhecidos, fornecer referências e adicionar uma breve descrição. Se os métodos utilizados são novos ou mudanças de métodos estabelecidos, descrever com precisão, para justificar o seu uso e uma declaração de suas limitações. Quando experimentos foram realizados em seres humanos, explícitos se os procedimentos respeitados os padrões éticos propostos pela Declaração de Helsinque (emendada em 2005) e se eles foram revisados e aprovados por um comitê ad hoc da instituição onde o estudo foi realizado. Quando solicitado pelos editores, os autores devem anexar o documento de aprovação relevante. Identificar drogas e produtos químicos utilizados, nome genérico, doses e vias de administração. Identificar pacientes por números consecutivos, mas não use suas iniciais ou números de seus registros médicos hospitalares. Indicar sempre o número de pacientes ou observações, os métodos estatísticos utilizados eo nível de significância previamente escolhido para julgar os resultados. É essencial para identificar os métodos estatísticos utilizados.

    5. Resultados. Apresente seus resultados em seqüência lógica e consistente no texto, tabelas e figuras. Os dados podem ser apresentados em tabelas e figuras, mas não simultaneamente em ambos. No texto, destacar observações importantes, sem repetir todos os dados apresentados em tabelas ou figuras. Não misture a apresentação dos resultados com a discussão.

    6. Discussão. Esta é uma discussão sobre os resultados de seu trabalho e não uma revisão geral sobre o tema. Apenas enfatizar aspectos novos e importantes que traz o trabalho e você propor conclusões a partir deles. Não repetir em detalhes dados mostrados na seção Resultados. Explícita concordância ou discordância de seus achados e suas limitações, em comparação com outros estudos relevantes identificados a partir das respectivas citações. Conecte suas conclusões com os objetivos do estudo, que foram destaque na seção Introdução. Evite fazer conclusões que não são suportados pelos seus resultados e construir sobre o trabalho ainda não concluído. Pergunte novas hipóteses consideradas apropriadas, mas classificá-los claramente como tal. Quando for o caso, propor as suas recomendações.

    7. Agradecimentos. Expressar seus agradecimentos apenas para indivíduos e instituições que fizeram contribuições substanciais para o seu trabalho.

    8. Referências. Referências limite (citações) para não mais de 40. Numerá-las consecutivamente na ordem em que aparecem pela primeira vez no texto. Identificá-los por algarismos arábicos em sobrescrito, colocados no final da frase ou parágrafo em que são referidas. As referências são citadas apenas em tabelas ou legendas de figuras devem ser numeradas em seqüência correspondente à primeira vez que citar essas tabelas ou figuras no texto. Você pode incluir referências a trabalhos que tenham sido aceites por uma revista, mas ainda estão em processo de publicação, neste caso, anote a referência completa, em seguida, adicionando o nome abreviado da revista as palavras "(no prelo)" . O formato das referências será restrito aos seguintes padrões de estilo de Vancouver: (Vista: http://www.nlm.nih.gov/bsd/uniform_requirements.html)

      1. artigos de periódicos: Paternal sobrenome e inicial do autor. Listar todos os autores quando seis ou menos, quando sete ou mais, listar os seis primeiros e acrescentar "et al" ou "et al", como se a nomeação é em espanhol ou outro idioma, respectivamente. Limite de pontuação vírgulas para separar autores juntos. Título completo do artigo em sua língua original (.) Nome abreviado do periódico em que ele apareceu, abreviado de acordo com o formato do Index Medicus (http://www.nih.gov/tsd/serials/LJI/html) sem parênteses. Edição, Volume (:) inicial e final do artigo, separados por um hífen (.)
        Exemplo:
        Awad W, Garay A, Martinez C, Onate V, Turu I Yarmuch J. Queda de peso e qualidade de vida com a cirurgia de bypass gástrico com e sem anel de calibração. Rev Chil Cir 2008, 60:17-21.
      2. Capítulos de Livros:... autores do capítulo () Título do capítulo () sobrenome e inicial do nome dos autores / editores do livro () Título do livro () Edição () Cidade (:) Nome editorial (;) Ano de publicação (:) de início e fim páginas do capítulo (.)
        Exemplo:
        Croxatto H. Prostaglandinas. Funções endócrinas do rim. In: Pumarino H, ed. Endocrinologia e Metabolismo. Santiago: Editorial Andres Bello, 1984, 823-840.
      3. Os artigos em formato eletrônico: autores citam, título do artigo e revista como fonte para a publicação impressa, indicando, em seguida, o site onde você tem a citação ea data em que a consulta foi feita.
        Exemplo:
        Morse S. Fatores no surgimento de doenças infecciosas. Emerg Infect Dis (citado 05 junho 1996). Disponível a partir do http://www.cdc.gov/ncidod/EID/eid.htm.
        Para outras publicações, consulte as regras em "Requisitos Uniformes para Manuscritos Submetidos a Revistas Biomédicas" http://www.icmje.org. Os autores são responsáveis pela exatidão de suas referências.

    9. Tabelas. Apresente cada tabela em folha separada, separando as suas células com espaçamento duplo. Número das tabelas em seqüência e atribuir um título a explicar o seu conteúdo sem olhar para o texto do manuscrito (título do quadro), juntamente com uma breve descriçáo de texto explicativo independente. Em cada lugar coluna um título curto ou abreviado. Separado apenas com linhas horizontais títulos das colunas e os títulos gerais. As colunas de dados sáo separadas por espaços e linhas náo verticais. Use notas explicativas para todas as abreviaturas náo padronizadas. Cite cada tabela na ordem ascendente de mençáo no texto do documento.

    10. Figuras. Denominado "Figura" para qualquer ilustraçáo que náo seja tabela (por exemplo, gráficos, raios-X, ultra-som, etc.). Os gráficos devem ser realizados utilizando um programa adequado. As imagens de computador digitalizadas devem ser registradas em meio ou JPEG ou TIFF de alta resoluçáo para que possam ser verificados por programas de design gráfico comumente usados. Enviar dados digitalizados em arquivo separado. As letras, números, setas e símbolos devem ser fotografia nítida e clara e deve ser grande o suficiente para permanecer legível quando a figura é reduzido de tamanho na publicaçáo. Seus títulos e legendas náo devem estar na foto, mas estáo incluídos em uma página separada, que será composta da imprensa. Os símbolos, setas ou letras usadas nas fotos de preparações microscópicas, deve ter um tamanho e contraste suficiente para distingui-los de seus arredores. Cite cada figura no texto em ordem consecutiva. Se uma figura reproduzida material publicado, indicar a sua fonte e obter a permissáo por escrito do autor e editor original para jogar no seu trabalho. Nas fotografias de pacientes devem cobrir parte do rosto para proteger seu anonimato.

    11. Legendas para as figuras. Títulos atuais e lendas de figuras em uma página separada. Identificar e explicar todos os símbolos, setas, números ou letra é usado para indicar algumas das ilustrações.

    12. Unidades de medida. Use unidades apropriadas para sistema métrico. Abril.

  4. Correções do autor. Uma vez que os primeiros testes do trabalho de impressão, isso geralmente é enviada ao autor para revisão final. Se a correção for considerado necessário, deve ser feito sobre isso para a prova e voltou para os editores, dentro dos prazos estipulados por eles.De Maio. Responsabilidade.

  5. A responsabilidade dos conceitos que são publicados são inteiramente o autor eo RCG vai garantir o cumprimento dos princípios éticos.

  6. Os textos incluídos no RCG estão protegidos por copyright. Segundo a lei, não pode ser reproduzido por qualquer meio, mecânico ou eletrônico, sem autorização por escrito da editora.Julho.

  7. Cotações da revista. Para citações de referência, a abreviatura do Revista Colombiana de Gastroenterología é: Rev. colomb. gastroenterol.

NOTA. Os dados a seguir são necessários para estabelecer a seguinte comunicação: nome e assinatura do autor responsável por entrar em contato com o Jornal, Teléfonod, Endereço para correspondência, Fax, E-mail.

 

[Home] [Acerca de esta revista] [Corpo Editorial] [Subscripción]


Creative Commons License
Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Revista Colombiana de Gastroenterología

Carrera 19C No. 86-14 Oficina 203, Bogotá, D.C., Colombia
Teléfono: (57 1) 6169950 - (57 1) 6168315
Fax: (57 1) 6162376


revistagastro@cable.net.c